PROF. MARIANO GAGO

Publicado por Fábio Melo

Informação de

José Mariano Gago: doutorou-se em Física pela Universidade de Paris. Em 1996 fundou o Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas como forma de mobilizar a comunidade nacional de físicos experimentais de partículas no contexto da adesão de Portugal ao CERN. A partir desta data envolve-se profundamente na gestão e coordenação da Política científica em Portugal, primeiro como Presidente (1985-1989) da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (instituição que deu lugar à Fundação para a Ciência e Tecnologia) e posteriormente como ministro (1995-2002 e 2005-2011), tornando-se o cientista e político que mais tempo ocupou o cargo de ministro em Portugal.

Como ministro, desenvolveu uma política que levou a um crescimento sem precedentes da capacidade científica e tecnológica do país. Para além da expansão do investimento público na Ciência, introduziu mecanismos de avaliação internacional e tornou o país membro de grandes organizações europeias. Fez da ciência portuguesa uma realidade para as novas gerações.

“Sem pensamento, sem diálogo estruturado sobre o porquê das coisas, sem controvérsia, sem enigma, sem verdadeira experimentação, não há ciência nem educação científica.

 

btt