“O Curtir Ciência é fundamental como espaço de educação”

Publicado por Curtir Ciência

Informação de | Tags : , , , , , ,

O Curtir Ciência é um espaço de educação não-formal imprescindível para continuar a promover muitos dos conhecimentos que hoje são fundamentais para as novas gerações. Adelina Pinto, vice-presidente da Câmara Municipal de Guimarães, salientou, terça-feira, 17 de dezembro, o papel do Centro Ciência Viva de Guimarães. Foi durante a sessão evocativa do quarto aniversário do Centro, que contou, também, com as presenças dos Pró-reitores da UMinho Paulo Cruz e Manuel João Costa.

O Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães registou mais de 110 mil visitas desde que foi inaugurado, a 17 de dezembro de 2015. Ao fim de quatro anos, este Centro dedicado à promoção da Ciência e do Conhecimento, instalado na Antiga Fábrica de Curtumes Âncora (um edifício que foi exemplarmente reabilitado pelo Município de Guimarães), considera que tem cumprido a sua missão de divulgador da Ciência junto da comunidade escolar e do público em geral, seguindo o princípio de que a Ciência ajuda a formar melhores cidadãos.

O Diretor Executivo do Centro, Sérgio Silva, considerou que os números são bastante positivos e salientou o contributo primordial da equipa. Em matéria de futuro, a construção do Curtir Inovação é o principal objectivo a curto-prazo da direcção do Centro Ciência Viva de Guimarães, a edificar no terreno adjacente ao atual espaço. Segundo Sérgio Silva, o projecto ainda está a ser ultimado, não existindo ainda um prazo para iniciar a obra.

O projecto pressupõe um investimento entre quatro e cinco milhões de euros e será alvo de uma candidatura a fundos comunitários.

 

btt