FORESIGHT: Escola D. Afonso Henriques recebeu quarta sessão

Publicado por Paulo Pereira

Informação de | Tags : , , , , , , , ,

Sessão promovida pelo Curtir Ciência contou com Filipa Oliveira, atualmente a desenvolver doutoramento na UMinho.

Sabe o que são materiais poliméricos com propriedades elétricas e magnéticas? À primeira vista parece um tema complexo, não acessível ao comum dos mortais. Mas tudo muda de figura se dissermos que são materiais usados no quotidiano, para fins militares – nos submarinos e nos aviões, para tornar mais difícil a sua deteção, por exemplo -, na indústria do calçado e na agricultura, entre muitas outras áreas.

A mais recente conversa Foresight promovida pelo Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães centrou-se no admirável mundo novo dos materiais poliméricos. A conversa conduzida por Filipa Oliveira, que está no primeiro ano do programa de doutoramento em Materiais e Processamento Avançados (parceria entre o laboratório associado IPC/I3N da Escola de Engenharia da Universidade do Minho e o Instituto Superior Técnico) teve como interlocutores alunos do nono ano da Escola D. Afonso Henriques, de Creixomil, Guimarães.

A investigadora, que desenvolve trabalho na área dos materiais compósitos termoplásticos com propriedades eletromagnéticas e dielétricas, deu exemplos do uso quotidiano deste tipo de materiais, indo de encontro às necessidades de uma sociedade moderna e cada vez mais exigente. Na sessão, depois de introduzir alguns conceitos como plástico, polímero e compósito, Filipa Oliveira mostrou alguns materiais obtidos em laboratório.
Esta foi a terceira sessão Foresight desenvolvida pelo Curtir Ciência, no âmbito da sua participação na Noite Europeia dos Investigadores (este ano a 30 de setembro), depois de encontros promovidos com investigadores no Agrupamento de Escolas de Urgezes e no Lar Alcide Felgueiras, nas Caldas das Taipas.[/vc_column_text]

[/vc_column][/vc_row]
btt